23 de out de 2015

ARTESANATO TRADICIONAL BRASILEIRO NO SPFW


Pela primeira vez, a ARTESOL participa do maior evento de moda do País e disponibiliza peças produzidas por artesãos de diferentes regiões brasileiras.

Em comemoração aos 20 anos de existência, o São Paulo Fashion Week (SPFW) prepara ações diferenciadas em sua 40ª edição, que acontecerá de 18 a 23 de outubro, em São Paulo. Esta edição tem como foco o fazer com as mãos e a criatividade.

Neste sentido, o designer Paulo Alves elaborou a decoração da Casa SPFW com peças artesanais de diferentes regiões do Brasil cedidas pela ArteSol – Artesanato Solidário, ONG que atua na salvaguarda e valorização do artesanato de tradição brasileira.

Durante o evento, o público também poderá conferir o talento e adquirir na FFWSHOP as criações dos artesãos da Rede ArteSol como sandálias Espedito Seleiro, acessórios do Instituto Bordado Filé de Alagoas e bolsas trançadas da Associação Tupinambá. “É uma grande oportunidade de mostrarmos o grande valor do artesanato de tradição brasileiro para a moda e o design. Levaremos ao conhecimento do público Peças feitas 100% à mão pelas comunidades artesanais brasileiras, fonte de inspiração para todas as gerações de designers e estilistas”, reforça Sonia Quintella de Carvalho, presidente da ArteSol.


Serviço:

ArteSol no SPFW

Data: 18 a 23 de outubro

Local: Parque do Ibirapuera – Pavilhão da Bienal.

Endereço: Av. Pedro Álvares Cabral, s/n – Ibirapuera, São Paulo

Mais informações: http://ffw.com.br/spfw/inverno-2016-rtw/

16 de out de 2015

A REDE ATRAVÉS DO TEMPO e sua conexão com o FILET E OUTRAS RENDAS





O LACIS MUSEUM inaugurou estes dias uma mostra sobre a rede e sua conexão inevitável com a Renda Filet. A exposição ficará aberta até setembro de 2016 e recebe visitas pré-agendadas.

 Uma das mais ambiciosas exposições do LACIS MUSEUM,  mostra algumas das maiores peças do seu acervo, assim como peças doadas por Jacqueline Davidson, autora do livro NET THROUGH TIME

"Junto com o fogo, a rede representa uma das ferramentas mais importantes e mais antigas da realização humana, certamente inspirado pela teia da aranha usada ​​para capturar suas presas. É esta história, as ferramentas de sua criação, o seu potencial máximo como técnica para a criatividade e sua importância no desenvolvimento da Renda Filet, o têxtil mais onipresente explorado pela exposição."

Através do SLIDE SHOW da mostra (clique AQUI) observamos, além de belíssimas peças de Renda Filet, a presença da técnica conhecida no Brasil como Renda Turca e na Argentina como Randa Tucumana. 

14 de out de 2015

MASTER CLASS no MUSEU DO TRAJE de BUENOS AIRES

Convidada por  DELIA ETCHEVERRY no dia 28 de setembro último realizamos uma MASTER CLASS DA RENDA TENERIFE no MUSEO NACIONAL DE LA HISTORIA DEL TRAJE de Buenos Aires, Argentina.
DELIA é pedagoga, pesquisadora textil e mestre rendeira e integra a equipe do MUSEO DEL TRAJE. É autora do PATRIMONIO, fascículos bimensais em que analisa o acervo do MUSEU DEL TRAJE.